Intercâmbio | 01 de abr Turismo social, uma opção para quem quer viajar e ainda ajudar a fazer a diferença

Turismo social, uma opção para quem quer viajar e ainda ajudar a fazer a diferença

A cada ano aumenta o número de brasileiros que estão descobrindo os prazeres de viajar pelo mundo e ainda ajudar os outros.  Para quem está em busca de desafios e novas experiências o trabalho voluntário é uma das melhores opções e pode ser uma oportunidade e tanto para quem quer aprimorar outros idiomas. Existem diversos serviços e países disponíveis para o turismo e intercâmbio social e as estadias costumam durar de duas semanas a seis meses.
Quem está pensando em fazer uma viagem para trabalhar como voluntário, precisa ter mente que ser voluntário exige um envolvimento cultural e emocional muito grande. Por isso, pesquise sobre o projeto da organização que você pretende escolher, não tenha apenas o objetivo de viajar com custo baixo ou de graça e principalmente saiba o trabalho que irá desempenhar antes de sair de casa.

Preparamos para você uma lista de organizações e agências que atuam no Brasil e oferecem viagens com foco no trabalho voluntário e causas sociais:

 Idealist.org

Esse é um dos maiores portais sobre voluntariado do mundo. Possui um banco com mais de 100 mil organizações que aceitam voluntários internacionais, em 180 países do mundo, todas analisadas e certificadas pela equipe do site. O sistema de buscas permite pesquisar por área de interesse ou locação.

Voluntary Service Overseas

É uma organização inglesa que leva voluntários para 30 países na Ásia e África. Exige profissionais qualificados, entre 25 e 75 anos e com no mínimo dois anos de experiência. Os voluntários são selecionados para postos de trabalho voluntário que condizem com sua área de atuação, como medicina, engenharia e educação. Também possui um programa para jovens entre 18 e 25 anos.

Aiesec 

O projeto Cidadão Global leva jovens de 18 a 30 anos para fazer intercâmbios sociais em vários países. É preciso cursar graduação ou pós-graduação ou ter no máximo dois anos de formado.

WorkingAbroad

Possui um banco de oportunidades de trabalho voluntário no mundo inteiro, nas áreas de conservação marinha, preservação da vida selvagem, educação, desenvolvimento de comunidades, educação ambiental, saúde e muitas outras.

ActionAid 

O programa “Mão na Massa” leva brasileiros para conhecer projetos e beneficiários da ONG internacional dentro e fora do país. É preciso pagar os custos da viagem. O programa é aberto a doadores e não doadores.

 CI 

A agência de intercâmbio tem projetos com foco social, em lugares como centros de saúde ou orfanatos, e ambiental, em santuários de aves, elefantes e felinos, por exemplo.

Experimento 

A empresa de intercâmbio oferece diversas opções de viagens com foco em voluntariado.

STB 

O STB oferece programas de trabalho voluntário com crianças e adolescentes, idosos, mulheres, animais e projetos ambientais. Podem participar pessoas com idade a partir de 18 anos.

Global Volunteer Network

ONG com sede na Nova Zelândia que leva voluntários do mundo inteiro para projetos em diversos países. Possui status de consultor especial do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas. Os projetos são vendidos em forma de pacotes, que podem ser cobrados por dia ou semana.

Lha Social Work

ONG que dá suporte à comunidade tibetana refugiada em McLeod Ganj, uma pequena vila incrustada no himalaia indiano. Possuem oportunidades para ensino de línguas e informática, comunicação, fotografia, direitos humanos, ioga, fundraising, saúde, alimentação e saneamento básico. Voluntários que vão contribuir por menos que um mês não precisam se candidatar com antecedência. Basta procurar a sede da ONG em McLeod e ver em que tipo de serviço suas habilidades seriam melhor aproveitadas.

You2Africa

A ONG possui projetos em educação, meio ambiente e desenvolvimento de comunidades em diversas cidades do país. É possível combinar o trabalho voluntário com cursos de inglês em Cape Town.

Transforme o mundo com sua viagem!

Compartilhe esse post com seus amigos na esperança de espalharmos mais rapidamente essa mensagem.

Forte abraço e até o próximo artigo!

Ana Flávia, gerente de marketing do CCBEU.