CCBEU | 26 de out Para se encontrar com o presidente Obama ou algum funcionário da Casa Branca, você provavelmente será recebido, primeiramente, por uma mulher chamada Leah Katz-Hernandez.

VOCÊ CONHECE A ROTUS?

Para se encontrar com o presidente Obama ou algum funcionário da Casa Branca, você provavelmente será recebido, primeiramente, por uma mulher chamada Leah Katz-Hernandez. Seu cargo oficial é recepcionista dos Estados Unidos (em inglês: Receptionist of the United States, cuja sigla é Rotus). Leah é surda e devido a isso possui intérprete que a ajuda na comunicação.

Sei que talvez você esteja surpreso e por isso o CCBEU separou várias novidades sobre o caso e sobre Leah. Ela trabalhou em campanhas políticas, no Congresso dos EUA e nos setores que organizam eventos sem fins lucrativos. Isso aconteceu antes de ser nomeada assistente de Imprensa e pesquisadora associada da primeira-dama Michelle Obama.

No mês de Outubro nos Estados Unidos, comemora-se o mês da conscientização nacional sobre empregos para pessoas com deficiência. Essa data faz com que a conscientização aumente  e que o reconhecimento das contribuições que os trabalhadores com deficiência fazem diariamente ganhe espaço no mercado.

“MINHA DEFICIÊNCIA É UMA PARTE DE QUEM EU SOU”

Esse foi o tema escolhido para o mês da conscientização de 2015. Jennifer Sheehy, do Departamento do Trabalho dos EUA, afirmou que “condensa a mensagem importante de que as pessoas com deficiência são simplesmente isto: pessoas”. Quem vive com uma deficiência oferece uma perspectiva importante para seus empregos e outras áreas de sua vida, disse ela, “mas, é claro, não é a única”.

Leah Katz-Hernandez declarou à Fox News Latino que “a Casa Branca é realmente um exemplo de acessibilidade para pessoas com deficiência — e especialmente para quem é surdo”, e que a sua própria história “envia uma boa mensagem sobre as capacidades das pessoas que são surdas e latinas de serem bem-sucedidas em qualquer lugar”.

Leah aproveitando suas oportunidades, vem sendo uma defensora dos direitos das pessoas com deficiência e dá depoimentos de como ganhou atenção nacional durante a eleição presidencial de 2008.

Atualmente, Leah desempenha seu papel de recepcionista dos Estado Unidos, representada pela siga ROTUS e leva muitos de seus talentos para servir ao presidente Obama e aos seus colegas da Casa Branca.