CCBEU | 05 de nov A Escola de Negócios da Universidade do Estado do Arizona está selecionando anos que terão total isenção da mensalidade em 2016.

MBA GRATUITO NAS UNIVERSIDADES AMERICANAS

A Escola de Negócios da Universidade do Estado do Arizona está selecionando anos que terão total isenção da mensalidade em 2016. Tenho certeza que você não vai querer perder e por isso o CCBEU venho para te explicar tudo o que precisa saber para não perder essa oportunidade.

MBA nos Estados Unidos possui valores exorbitantes e você provavelmente ficará de queixo caído  com o novo programa que algumas universidades, inclusive a do Arizona, está oferecendo. No próximo ano, 2016, todos os alunos selecionados por certas universidades não gastarão um centavo para estudarem nos Estados Unidos.

Anos atrás as universidades já ofereciam esse processo, mas nunca com o programa totalmente gratuito. O ano de 2016 será a primeira vez. O objetivo que move esse programa é diversificar o perfil dos ingressantes, o que é muito restrito aos profissionais de tecnologia, industrias e mercado financeiro.

O valor de um MBA nos Estados Unidos é cerca de 90 mil e a reitora Amy Hillman sabe que esse valor assusta e vem sendo uma barreira para profissionais de empresas que atuam sem fins lucrativos ou com rendas que são insuficientes para pagar o curso.

INVISTA

William Carey, do setor imobiliário, fez doações que no total somaram 50 milhões de dólares. Essa verba será usada para as bolsas integrais dos 120 alunos.  A ideia é que com as bolsas de estudos sendo utilizadas, as empresas liberem seus funcionários em tempo integral para realizem os cursos, abrindo as portas para a Universidade.

A reitora espera que os alunos desfrutem e aproveitem ao máximo as bolsas e que possam ser mentores ou até contratar estudantes da faculdade para suas empresas em um futuro próximo.

E OS OUTROS ALUNOS?

Sabemos que algumas dúvidas surgiram e a principal foi: MAS E OS ALUNOS QUE JÁ PAGARAM? TERÃO OS MESMOS BENEFÍCIOS? E a resposta é: não. Muitos afirmariam que a reação dos alunos foi negativa, mas para a surpresa de muitos, foi ao contrário. O que mais agradou a todos foi a ideia de reformulação do programa.

Por se tratar de um projeto piloto, a escola ainda não deu informações sobre a continuidade do curso nos próximos anos, mas forneceu uma informação que os interessados nas bolsas irão gostar. Outro ponto que fizeram os alunos não serem negativos quanto não receberem bolsas da mesma maneira que os novos alunos é o salário que já recebem com as especializações que o MBA ofereceu. Os recém-formados recebem 99 mil dólares anuais e para quem recebe valores assim não vê problemas em pagar um MBA.

E ai? Vai aproveitar essa oportunidade?