CCBEU | 24 de abr Blog 24 de abril Armadilha

6 Armadilhas para quem está estudando inglês

Quando estamos aprendendo um novo idioma, em especial o inglês, costumamos cair em algumas armadilhas que acabam tornando o aprendizado mais difícil. Para evitar que você caia nessas armadilhas e torne seus obstáculos ainda maiores, hoje vamos falar um pouco sobre elas e te ensinar a contorna-las.

Traduzir tudo do inglês para o português e vice-versa

Não tente adaptar ao pé da letra cada palavra do idioma que você está aprendendo. A maioria dos erros mais comuns acontecem quando tentamos traduzir de forma literal.

Tente pensar em inglês, para isso, intensifique seu contato com a língua inglesa através de séries, filmes, livros e músicas. Treine bastante e tente entender o contexto e não as palavras de forma isolada.

 

Medo de errar ou vergonha da pronúncia

Esse obstáculo é muito comum e costuma impedir muita gente de chegar a fluência. Não se preocupe em errar, ninguém nasce sabendo falar outro idioma. O importante aqui é tentar e aprender com os erros.

Além do medo de errar, muitas pessoas têm vergonha do sotaque ou da pronúncia e essa armadilha pode ser a mais fatal no aprendizado de qualquer idioma.

Para driblar esses impedimentos estude muito a pronúncia. Só adquire fluência quem tem confiança.

 

Pensar que adultos não são capazes de aprender inglês como os jovens

Claro que crianças tem mais facilidades de aprender idiomas, contudo a idade não significa que você não é capaz de aprender e bem qualquer idioma. Se você se dedicar e procurar um curso que seja especializado no aprendizado de adultos vai ver que idade não é documento mesmo!

O CCBEU tem cursos especialmente planejados para atender os adultos em todas as suas necessidades com relação à língua inglesa. Para conhecer nossos cursos clique aqui.

 

Só estudar quando está no curso ou escola de inglês

Estudar só no ambiente escolar é um erro muito grave. A língua inglesa tem diversas possibilidades de você aprender se divertindo, abuse dos recursos audiovisuais e faça exercícios diários.

Inclua a língua na sua rotina, coloque seu celular em inglês, tente ler um livro em inglês, assista filmes e séries legendados e sem legenda, ouça músicas em inglês e preste bastante atenção na pronúncia das palavras. E se ainda sobrar um tempinho não custa pegar os livros e estudar um pouco não é mesmo?

 

Só estudar o que você acha fácil

Muitas pessoas se empolgam quando tem facilidade em alguma coisa e começam a estudar apenas aquilo que gosta. Claro que existem pontos mais fáceis que os outros no aprendizado de uma nova língua, mas você deve se dedicar mais aos seus pontos fracos que ao que você domina.

“Reading”, “listening”, “writing” e “speaking” devem ocupar espaços importantes em sua rotina de estudos. Não deixe um deles de lado, para alcançar a fluência você deve dominar todas as habilidades.

 

Comparar a sua velocidade de aprendizado com a velocidade de outras pessoas

Lembre-se sempre que cada pessoa tem seu ritmo e suas facilidades, nunca compare a sua velocidade de aprendizado com a dos outros, isso pode gerar muita insegurança, influenciar na sua autoestima e ainda te atrapalhar e muito a aprender.

 

Esqueça o medo e a vergonha e vá na direção dos seus sonhos!

 

Compartilhe esse post com seus amigos.

 

Forte abraço e até o próximo artigo!

Ana Flávia, gerente de marketing do CCBEU.